Notícias Gerais

Sinpro-Rio exige responsabilidade do MEC frente ao caso Galileo

14/01/2014


Comunicamos à categoria que o Sinpro-Rio, diante da atual medida do Ministério da Educação (MEC) de descredenciamento da Universidade Gama Filho (UGF) e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), vem, há mais de dois anos, atuando com os docentes, discentes e demais trabalhadores(as), junto ao Ministério Público Federal, Justiça Federal, Alerj, MEC, entre outros, apresentando denúncias, encaminhando documentos e representando os(as) trabalhadores(as) em todas as instâncias competentes.

Neste momento, consideramos que o Ministério da Educação tem uma responsabilidade grande diante dos mais de dois mil trabalhadores em Educação, além dos estudantes, das duas IES. O Sinpro-Rio, mais uma vez, está tomando todas as medidas cabíveis para garantir os direitos dos professores e das professoras da Gama Filho e UniverCidade.

Acompanhe novas notícias pelo portal e redes sociais do Sinpro-Rio: www.sinpro-rio.org.br

Veja aqui o Despacho do MEC, publicado no Diário Oficial da União de 14 de janeiro de 2014.

A Diretoria



-